terça-feira, dezembro 04, 2001


Minhas filhas, não se entreguem. Não sei a quem. Dizem de todos, de todas.

Minhas filhas, não se queixem. Não sei a quem. Vocês são outras.

Minhas filhas, não desanimem. Não sei onde, A vida é outra.


Passa-se tudo, todas as ilusões. E algo continua.

perto de mim, perto de todos, der alguém.


Não haverá outro compromisso, a não ser os nossos.


com todos, com tudo.

PAULO MARINHO



Nada mais que aquilo.

Para os outros nada.

de bem.


De nada.


De tudo, de mim, dos outros. Pode ser um ou outro?????



Nada mais que aquilo.

Para os outros nada.

de bem.


De nada.


De tudo, de mim, dos outros. Pode ser um ou outro?????


domingo, novembro 18, 2001


Este Homem é exemplo para todos os que desejarem ter uma passagem digna por este mundo.

Nestes quase quarenta anos que o conheço nunca soube que discutiu ou que maltratou alguém.

Sempre sorrindo e alegre por dento, sem falsidades e enganações.

É realmente um exemplo.

Não vamos apenas sentir suas mensagens, temos que copiá-lo e transferir seus ideais para as gerações futuras.

Viver é passar para os próximos o que temos de bom.

Temos que corrigir o mal.

Eternizar o bem.

quarta-feira, novembro 14, 2001


TUDO NESSE LOCAL É VIDA.

VOCÊ ESCOLHE ONDE VIVER.

AQUI OU ACOLÁ.

SEMPRE EXISTIRÁ O QUE OS BONS MOSTRARÃO.